segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Hoje,

e porque a vida de vez em quando finta-nos, ou então, somos nós que recusamos a ver o que está à frente dos nossos olhos e  tentamos, por tudo, adiar uma solução, acreditando que o tempo por si só fará a diferença, mas não faz, 


não sei de todo qual o trilho tomar.
Talvez o terço que a minha vizinha me trouxe de Fátima e me ofereceu ao fim de um domingo de lágrimas, seja um sinal que Deus estará sempre comigo seja qual o for o caminho.
Eu preciso de me acalmar, para resolver o que hei-de fazer. Hoje e porque as lágrimas teimam em não parar, nem com o meu médico consigo falar. Preciso que  ele me receite algo que me acalme e diminuo este este formigueiro que me ataca a cabeça! 
Sei que estou a deixar-vos inquietas mas tranquilizo-vos dizendo apenas que não é o caso grave de saúde, nem uma crise no casamento.É um acumular de situações, cansaços e desgastes e que um último acontecimento (díficil de resolver) está a contribuir para que eu me encontre neste estado. 

6 comentários:

  1. Gostava tanto de poder ajudar... Sei que não posso, mas pelo menos deixo umas palavrinhas que espero que ajudem pelo menos a que sintas alguma companhia :)

    BJ e muita força!!!

    ResponderEliminar
  2. Pense com o coração e aja com inteligência!!!
    Tudo de bom!!!

    ResponderEliminar
  3. Abraço! Procura ajuda, vai ao médico, vais sentir-te melhor :)

    ResponderEliminar
  4. Então mana? Que tudo se resolva...coragem!!!Adoro-te

    ResponderEliminar
  5. E eu palerma...que me esqueci de colocar este blogue na lista de blogues que tenho ao lado dos posts, não estava a receber atualizações e não estive aqui quando devia para dar apoio...não sei do que se trata mas sei que por vezes passamos por encruzilhadas muito difíceis...pessoalmente estou numa também...nada comparado ao problema de saúde do maridão...mas tal como a sua ligada a desgastes e acumulações...espero que tudo se componha...mas nestes casos depende de nós e como diz da nossa calma e discernimento para enfrentar o problema...Abracinho muito apertado!!!
    beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem mal minha querida Maria. Sei bem que não é possível estarmos em vários locais ao mesmo tempo e sei também que tem problemas com os seus sobrinhos, problemas de difícil solução!

      Beijinhos grandes e obrigada pela força!

      Eliminar

Agradeço a visita. Volte sempre!