quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Simpatia e gentileza selectivas

são coisas que me mexem com os nervos. 
Há pessoas que são assim naturalmente. Naturalmente simpáticas e gentis para quem lhes convém e naturalmente curtas e grossas para outras, sendo que contra estas últimas não têm nada a desfavor a apontar, exceto estas não terem a possibilidade de lhes dar algo em troca que considerem importante. 
A falsa simpatia e gentileza cada vez ganha mais terreno na nossa sociedade, principalmente em ambientes de trabalho. 
Entristece-me observar a falsidade ser premiada com medalhas de mérito como se a honestidade e a sinceridade fossem afinal grandes defeitos, sujeitos a punição.
Eu, apesar de todo os reveses, não abdicarei de ser o que sou a troco de nada. E em boa verdade se diga que há coisas que não têm preço, a leveza da consciência é uma delas!

4 comentários:

  1. Deixa-me fazer-te uma pegunta...trabalhas comigo?!
    Acabas de descrever aquilo com que tenho de lidar diáriamente...e há dias em que não consigo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não Suri, não trabalho contigo, mas acredita que este tipo de pessoas cada vez abunda mais e isso é das coisa que me tira mesmo do sério e há dias que também me salta a tampa, paciência tem limites!

      Eliminar
  2. Acho que ou trabalhamos todas no mesmo sítio ou então é mesmo verdade que estão em proliferação acelerada...abomino mas conheço ...!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente há espécies destas em todo o lado, sendo que em grandes ambientes nota-se mais sua existência!

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Agradeço a visita. Volte sempre!