terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Fuga - a pior opção

Quantas vezes pessoas mudam de passeio para não se cruzarem connosco; quantas vezes querem passar despercebidos porque dizem ser tímidos; quantas vezes o telefone toca e decidem não atender porque não não lhes apetece falar com ninguém. Fogem ou tentam ocultar-se porque na realidade têm um medo terrível que quem se cruza com eles adivinhe no seu olhar o medo que lhes vai no coração; medo que a voz os traia e deixe transparecer aquilo que tentam ocultar, por tudo, a eles próprios. 
A falta de amor por nós próprios faz-nos por vezes querer fugir de nós, e do que nos inquieta, ou invés de mergulhar nos nossos medos, nos nossos obstáculos,  neles nos envolvendo e solucionando-os naturalmente. Fugir é adiar soluções e por vezes empilhar problemas.

google imagens


:)))!

4 comentários:

  1. Adorei:
    _ Fugir é adiar soluções e por vezes empilhar problemas.
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  2. Muito bem "dizido". Eu costumo dizer que mais que tudo, o nosso amor próprio é fundamental.

    Um beijinho

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Agradeço a visita. Volte sempre!