terça-feira, 10 de março de 2015

A minha mais velha hoje tinha teste intermédio de matemática. A minha mais nova hoje tinha teste de matemática.
A mais velha estava impávida e serena antes de sair de casa. A mais nova teve pesadelos com o teste e estava uma pilha de nervos. Disse um milhão e meio de vezes que estava nervosa, perguntou-me outras tantas que se não soubesse alguma coisa como é que ia ser, e repetiu-se, e repetiu-se e repetiu-se. Tinha de a acalmar, dizia-me ela. Eu bem tentei, esforcei-me mesmo, mas de tanto ouvir a mesma coisa comecei a ficar enervada. Então sai-me ela com esta: mãe, preciso que me acalmes, mas tu também estás a precisar de te acalmar! Pois claro que tinha, se ela me desse tempo, e parasse de se lamentar para me ouvir!?

Estou ansiosa pelo fim do dia para saber como correram!

6 comentários:

  1. Vai correr tudo bem!
    A minha relação com a matemática sempre foi pacífica, mas isso não impedia que o friozinho na barriga se instalasse nas horas antes do teste. Na H, a concentração sobrepõe-se ao nervosismo e tudo corre bem. .

    ResponderEliminar
  2. Não há volta a dar - nós funcionamos em sistema de vasos comunicantes com os nossos filhos!
    oxalá tenha corrido bem!
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Como a entendo!
    Tenho dois filhos que reagem de jeito bem diferente!
    Fui professora e mãe em simultâneo e como a entendo!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  4. Correram bem de certeza. E como são diferentes elas. :)

    ResponderEliminar
  5. Espero que tenham corrido bem, a minha Ana é como a tua, uma calmaria, por vezes só sei que tinha teste depois de os ter feito,raramente a vejo estudar .
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Lá em casa a nervosinha sou eu com os testes dela :S

    ResponderEliminar

Agradeço a visita. Volte sempre!