quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Certezas

Tenho em mim esta certeza que nem mesmo os dias menos coloridos me tiram.  As nuvens que surgem de vez em quando são passageiras porque o optimismo que as empurra para longe é bem mais forte.
Há muitas atitudes e comportamentos que me deixam triste. Quando a teoria sai inflamada  de boas intenções e de sentimentos bons e  na prática nada disto se retrata, o meu coração fica pequeno. Eu não entendo, não aceito que não se passe da teoria. Cada um é como é, isso eu não posso mudar, ainda que me entristeça. Depois, coloco de lado essa tristeza, e dedico-me inteiramente à minha essência. Gostar de gostar por inteiro: de dizer amo-te; de beijar; de abraçar; de conversar; de partilhar gargalhadas; de ouvir e principalmente escutar; de (tentar) colocar-me nos lugar dos outros; de dar; de partilhar momentos; de viver dentro de mim com o melhor de mim e dar de mim o melhor a todos, principalmente aos que amo de alma e coração. 
Tenho em mim este amor  infinito pela vida, e por cada um dos amores da minha vida (e são tantos, tantos), que quero aproveitar cada instante em que possa estar com eles, ser feliz com eles e fazê-los felizes comigo.




Bom dia :)!

4 comentários:

  1. Um belo propósito :ser e fazer feliz!! bjs, lindo dia! chica

    ResponderEliminar
  2. Maria, receio que o meu comentário possa apequenar o teu incrível texto, no qual, inteira, me revejo.
    Um grande (fraterno) abraço da
    Nina

    ResponderEliminar
  3. Um texto que nos deixa a pensar que apesar de...podemos sentir-nos bem felizes!!! Bj amigo

    ResponderEliminar
  4. Um bom dia! Temos tanta coisa em comum! Beijinhos

    ResponderEliminar

Agradeço a visita. Volte sempre!