sexta-feira, 9 de outubro de 2015

" Entrava-se na cozinha de fumada pela lareira, e da panela poisada entre os dois potes de ferro preto, saía um aroma doce a marmelada. Aguardava-se expectante o fim da tão fumegante tarefa, sentados no "preguiceiro".

Depois de pronta, e distribuída pela fileira de malgas de barro, colocadas em cima da mesa de madeira gasta, a panela é-lhes entregue nas mãos doridas pelas facas com que ajudaram a descascar tantos marmelos. Cada um, com uma colher de sopa, vai rapando à vez a panela, até não haver amostras do que lá foi cozinhado. No fim, cada um dispersa ao encontro dos afazeres que lhes  estão destinados.
A mãe, de lenço na cabeça e rosto afogueado pelo calor da lareira, aproveita o que sobrou dos marmelos: faz, a não menos doce e aromática geleia ".

imagem do google  (quase igual à realidade de Maria)



Bom fim-de-semana para todos (com ou sem marmelada).

6 comentários:

  1. Lindas lembranças essas! Que seja doce o fim de semana! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Trouxe, de casa da minha mãe, as primeiras tigelas de marmelada e um frasco de geleia.

    Beijos, Maria, e bom fim-de-semana. :)

    ResponderEliminar
  3. Hoje é um excelente dia para fazer marmelada. Aquece as mãos, perfuma a cozinha e apazigua a alma.

    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Bom fim-de-semana, Maria! Para mim é mesmo sem marmelada.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Aqui em casa havia um cantinho igual que a minha mãe adorava mas transformei a cozinha velha num estúdio para o artista cá de casa e nesse espaço...uma lareira!!! Doces recordações! Belo olhar!!! Bom domingo!

    ResponderEliminar
  6. Adoro e todos os anos faço marmelada. Uma tradição que vem da casa de meus pais e que não quero deixar. A receita da minha mãe é maravilhosa :) Beijinho

    ResponderEliminar

Agradeço a visita. Volte sempre!