terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Apesar da minha longa ausência deste lugar, não vos tenho ausentes do meu coração. Tenho saudades imensas de tantas (os)  vocês.
Não poderia por isso,  nesta altura tão especial em termos de afetos e união,  deixar de passar por cá para vos desejar um Natal maravilhoso, e que a luz que nele brilha se prolongue até ao próximo Natal.




Um abraço do tamanho do mundo para todas (os) vocês.